Bombeada em novidades, a JHSF fará uma oferta de ações de R$ 400 milhões

Fazenda Boa Vista: Inventário JHSF acumula-se em 30 dias de alta acima de 50% (Divulgação / Divulgação)
Depois que os participantes da JHSF foram a única empresa com o funcionamento de shoppings com excelente desempenho em troca entre a pandemia, espera-se que os participantes de amanhã anunciem uma oferta de ações entre 300 milhões de reais e 400 milhões de reais, 90% primário. A empresa valorizou sexta-feira no valor de 5,8 bilhões de reais. A participação foi de mais de 16 em relação ao dia e acumulou uma classificação maior em 50% mês a mês.
Dona do projeto Badass Fazenda Boa Vista, a JHSF juntou o mercado com as novidades antes do fim de semana, com foco na área de incorporação imobiliária-responsável por um pedaço de quase 50% do EBITda consolidado. Como não poderia ser diferente para um operador de mercado de alto padrão, toda a grilagem financeira está na transação: Itaú BBA, BTG Pactual, Bank of America Merrill Lynch, Morgan Stanley, Goldman Sachs, Bradesco, Santander e Safra. A oferta não terá nenhuma participação no varejo.
Procurado, a porta-voz da JHSF não foi encontrada para comentários.


Os investidores animados sabem que o site escolhido para a prometida Villa XP foi bastante bem 500 metros quadrados da empresa, ao lado da Catarina Outlet e do Aeroporto de Catarina, o único que é completamente privado e a Aviação Executiva do País é dedicada. A empresa já assinou um memorando vinculativo para a venda de terrenos e desenvolvimento do projeto. A empresa promete permitir, além de si mesmo, as operações que são possíveis em torno dela.
Na sexta-feira, a empresa ainda esperava os números de vendas no segundo trimestre, enquanto a Fazenda Boa Vista estava à espera de venda durante o período de quarentena. O volume contratualmente acordado de abril a junho em todos os comércios cresceu 466, para quase 340 milhões de reais.
Em meados da semana, a empresa já havia informado a compra de um lote de 34,5 metros quadrados em São Paulo, na Marginal Pine, com previsão de pagamento para 2023, no valor de 157 milhões de reais. No site, está sendo desenvolvido um empreendimento híbrido com torres residenciais e shoppings centers, com receita total estimada em 1,5 bilhões de reais.
Na frente de curto prazo, o Launch Resort Catarina fica ao lado das atividades homônimas e das Operações do Hotel Fasano. Onde colocar o dinheiro novo, então não perca.