Estudo do jornal chinês Repertotes descobriu que coronavírus é encontrado em águas residuais de SC

UFSC: Um estudo preliminar da Universidade Federal de Santa Catarina indica que o vírus havia chegado à América dois meses antes do que era conhecido (UFSC/Divulgação)

O South China Morning Post divulgou nesta sexta-feira a recente descoberta de que traços do vírus sarin CoV-2 responsável pelo Covid-19 foram encontrados em Florianópolis em novembro do ano passado. Um estudo preliminar da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) sugere que o vírus havia chegado à América dois meses antes do que era conhecido, já que o primeiro caso relatado foi nos Estados Unidos em 21/01. 

O vírus, para o que é conhecido, foi descoberto em Chinae se espalha pelo mundo inteiro a partir da província de Wuhan. No entanto, pesquisas semelhantes como a UFSC descobriram que o vírus estava presente em outubro em Wuhan na China e no início de dezembro na Itália. No final de junho, cientistas da Universidade de Barcelona anunciaram que encontraram amostras do vírus em águas residuais da cidade em março de 2019. De acordo com a equipe de pesquisadores espanhóis, a descoberta foi feita em testes com amostras de águas residuais para identificar a possibilidade de novos surtos de vírus.