Pandemia por covid 19 retira obstáculos de startups

Ambiente Distrital: Empresa que apoia ecossistemas para startups cria plataforma digital (Distrito/Divulgação)

Muito se tem pronunciado sobre o impacto negativo da pandemia de covid-19 na economia e na economia, mas a crise também pode acelerar a chegada de tendências que são bem-vindas em alguns setores. Em um momento em que o distanciamento social é necessário, o mundo digital é melhor decolando. Um exemplo disso está se aquecendo no mercado de e-commerce.

No caso das startups, o universo ficou ainda mais virtual. O distrito, uma empresa que mantém um ecossistema de inovação para impulsionar a pequena tecnologia, não conseguiu promover pessoalmente encontros e lançamentos nesta quarta-feira, 1º, a plataforma de rede Distrito.

A ideia é oferecer um espaço de apoio e startups, em uma residência virtual. A partir de março, a empresa ascendeu a 150 startups, que viviam em suas instalações físicas. Nas últimas semanas, mesmo em meio à pandemia, a comunidade alcançou um crescimento de 60% com adesão em novas empresas.

Veja também
  • 28 eventos online para empreendedores que acontecem esta semanaPME28 eventos online para empreendedores que estão nesta semana de Passequery_builder Jun 29 2020-06h06
  • PMETem uma startup? Conheça a dívida de risco, novidade no financiamento no paísquery_builder 29/06, 2020-00h06

"O valor dos hubs está nas oportunidades de negócio geradas entre os envolvidos e não na exploração imobiliária, em monetização por um aluguel", diz Gustavo Gierun, co-fundador do distrito. " A maior facilidade dessas salas sempre foi, justamente, criou a comunidade lá. Nós já temos trabalhado na digitalização gradual deste universo, mas com a chegada do Coronavirus, tivemos que acelerar esses planos. "

A plataforma torna possível que o que, antes, era um desafio: a abertura para startups de qualquer lugar do mundo. Empresas de outros países interessados em ações de inovação aberta também podem integrar o ecossistema e fazer crescer seus negócios.

A Rede Distrital inclui o programa de residência virtual com um período de estudo de 99 a 199 reais, com opções que incluem treinamento personalizado para pitches e mentores que focam em captar recursos com potenciais investidores.

Atualmente, a empresa está colaborando com cinco hubs temáticos. Quatro deles permanecem em São Paulo: são voltados para startups de setores financeiros, da publicidade, do varejo e da saúde. Em Curitiba, o ecossistema tem foco em startups trabalhando com Branchenthemen 4,0.